Indicadores de sustentabilidade para maricultura de pequena escala: conceitos, metodologias e usos.

 

 

ecologia

 

 

 

“A maricultura de pequena escala pode ser sustentável?” Esta foi a pergunta que norteou o presente trabalho. Nos últimos anos a maricultura cresceu significativamente, gerando alguns impactos na área econômica, social e ambiental. Desta forma, o conceito de sustentabilidade aplicado à maricultura pode ser uma conexão entre a conservação dos sistemas naturais, o contexto social e o desenvolvimento econômico; ou seja, uma ligação entre estas três áreas. Ao analisarmos a sustentabilidade da maricultura, o que se pode afirmar é que o caminho de um sistema de cultivo sustentável é bastante difícil, porém realístico se ocorrer por meio de um planejamento envolvendo a participação da sociedade e a cooperação entre os diversos atores. Para que isso ocorra, a utilização de indicadores de sustentabilidade torna-se fundamental. O presente trabalho propõe 21 indicadores como os mais adequados para avaliar a sustentabilidade da maricultura, sendo 6 na área ambiental, 7 na área econômica e 8 na área social. Este conjunto de indicadores propostos pode ser utilizado pelos próprios maricultores, por instituições de pesquisa e extensão, por organizações não governamentais e até mesmo por instituições de governo em diferentes escalas. Ao aplicarmos este conjunto de indicadores propostos para avaliar a ostreicultura em três diferentes comunidades locais (duas no Paraná e uma em Santa Catarina), foi possível caracterizar a maricultura desenvolvida (estrutura, forma de manejo, comercialização, mão de obra, entre outros), e com estas informações propor uma categorização do sistema de produção. Os resultados apresentados ao longo deste trabalho mostraram que as metodologias e indicadores aqui propostos foram capazes de caracterizar a realidade da maricultura nas pequenas comunidades. Além disso, os resultados dos indicadores de sustentabilidade propostos demonstram que a comunidade do Poruquara, apresenta um bom desempenho na área ambiental. A comunidade do Cabaraquara apresenta resultados expressivos na área social. E a comunidade do Ribeirão da Ilha, demonstra bons resultados na área econômica.

rodape